Sentindo a vontade na vontade de Deus

Com o Pastor Calebe Cordeiro

          
    
Lemos em Rm 12.1,2: Portanto, rogo-vos, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como sacrifício
vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela
renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Esta leitura nos
faz uma pergunta: Como me relaciono com a vontade divina? A resposta a esta indagação, é o motivo deste texto.
     Acompanhe comigo. Existe o comportamento mundano e o cristão protestante, quando se fala em vontade de Deus. O mundano, não
aceita as ordenanças bíblicas. Mesmo se rogar pela compaixão de Deus, o mundo dá as costas, balançando os ombros. Os corpos dos
mundanos são apresentados como um sacrifício de tolos, mortos espiritualmente, imundos e abomináveis diante de Deus. O mundo tem
um entendimento distorcido, baseado no ego, na sua própria opinião de certo ou errado. Afinal de contas os mundanos e carnais apoiam
a liberdade, como sinônimo de libertinagem. São livres para pensar, falar e fazer como querem. Vontade de Deus? Desde que não seja
contra a sua vontade pessoal.
     O comportamento cristão protestante (entenda quando uso este termo: muitos se chamam cristãos, mas falo do protestante, do crente, do
evangélico e não do dito cristão, que é idólatra, não servindo apenas a Cristo, mas também a outros "santos", o que a bíblia condena).
Como estávamos conversando, o comportamento cristão protestante, possui o toque da compaixão de Deus. Quando o crente verdadeiro lê a bíblia,
ele se encurva diante das ordens do Seu Senhor. O corpo do homem e da mulher de Deus, é templo do Santíssimo Senhor Deus Espírito Santo. Dedicado
em sacrifício vivo. Em Cristo temos vida com abundância. Não é a vida da morte, isto é do pecado. Prostituição, lascívia, toda sorte de imoralidade.
O corpo do servo e da serva de Deus, incluindo obviamente sua mente e espírito, é santo e agradável a Deus. Observa-se, que não é Deus que vai nos
agradar. Nós é que o agradaremos. A vontade dele nunca se renderá ao nosso capricho. O Poderoso é absolutamente soberano. Resta-nos a transformação
do nosso entedimento(leia-se vontade). Nossa mente é que vai se alinhar com a Dele. Quando me intrigo com o mundo, fazendo com ele inimizade, sou
amigo de Deus. Quando nos derramamos em profunda devoção e reverente piedade veremos a vontade de Deus como realmente é! Boa, agradável e perfeita.
     Encerro. Existem pelo menos dois tipos na vontade do Senhor. A diretiva e a permissiva. É aconselhável vivermos a diretiva. Se vivemos a
permissiva, pode ser que já estamos forçando os limites da Sua bondade. De que lado voc? está?


CRENTE PODE ASSISTIR BIG BROTHER?

Crente precisa assitir Big Brother?

 

Com o Pastor Calebe Cordeiro

 

Começamos este conteúdo com as sugestões: 12 excelentes motivos para crente não assistir o Big Brother 12.

 

  1. Crente não pode colocar coisas torpes diante dos olhos. 2 Pe 2.14.
  2. Crente não pode aceitar a prostituição em nenhum grau. Rm 1. 29 .
  3. Crente precisa andar no Espírito Santo para não cumprir as concupiscências da carne. Gl 5 .16.
  4. Crente precisa lembrar que enganoso é o seu próprio coração, mais do que todas as coisas. Jr 17.9 .
  5. Crente não pode aceitar a inversão de valores. Is 5. 20 .
  6. Crente não pode dormir com os que estão espiritualmente mortos. Ef 5. 14.
  7. Crente não pode aceitar conselho do ímpio, nem assentar-se na roda de escarnecedores, nem deter-se em caminhos de pecadores. Sl 1 . 1 .
  8. Crente precisa meditar na lei do Senhor e desviar-se do mal. Sl 1.2 .
  9. Crente precisa orar sem cessar e vigiar para não cair em tentação. Mt 26 . 41
  10. Crente é inimigo do mundo para ser amigo de Deus. Tg 4. 4.
  11. Crente precisa renovar o entendimento e não se conformar com o mundo. Rm 12.2 .
  12. Crente precisa saber que Deus conserva os ímpios para o dia da condenação. Rm 2.5 .

Quais as principais idéias transmitidas por programas desta natureza? A prostituição como algo totalmente prazeroso e normal. È valioso o uso de estratégias para superar o próximo, inclusive sendo bem remunerado por isso. È desnecessário o uso da vergonha, da ética dos bons modos. Estamos vivendo tempos onde limites inexistem em termos morais e com muito aplauso.

Se você amado irmão, amada irmã assiste tais programas não estás conformando com o baixo padrão, ali focado exaustiva e entusiasmadamente? Que comunhão há entre a luz e as trevas? Se aquilo não é trevas o que o será? Se não vemos nada de errado em acompanhar tanta propaganda de rebeldia contra Deus, certamente já estamos sendo dominados pelo deus deste século, sendo cegos, miseráveis, pobres e nús.

O Senhor pode nos acudir em nossas fraquezas. Se há em nós um incontrolável desejo carnal isto é concupiscência e precisa ser urgente e emergencialmente tratado.

È um entretenimento que não acrescenta nada espiritualmente diante do nosso Deus. Os crentes não precisam assistir Big Brother, já somos assistidos pelo nosso grande irmão, nosso Senhor Jesus Cristo.

Pense seriamente nisto, Se o teu olho te condena arranca-o e o lance fora. È melhor ser cego e estar no céu do que vendo o que pode e o que não deve e ir para o inferno. Ore o Senhor te dará melhor discernimento.


 

Perguntas minhas, respostas bíblicas.

 

Com o Pastor Calebe Cordeiro

 

  • Existe vida após a morte?

Sim. A bíblia fala sobre a morte como um dos fatos dentro da história da pessoa e não como um ponto final da vida.  

Lucas 16: 19-31

19   Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. 

20   Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; 
21   E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas. 
22   E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. 
23   E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. 
24   E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. 
25   Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. 
26   E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. 
27   E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, 
28   Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. 
29   Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. 
30   E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. 
31   Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.
  • Existe purgatório ou reencarnação?

Não. A bíblia fala que a pessoa escolhe entre o céu  e o inferno enquanto vive.

Depois que morre não adianta orar ou fazer culto.

Depois que a  pessoa morre se estiver salva amém, se não estiver salva adeus, é triste, é inferno.

Lucas 16: 26-31

26   E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. 

27   E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, 
28   Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. 
29   Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. 
30   E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. 
31   Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.
 
Hebreus 9: 27
 
27   E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo.
 
  • Eu posso ser salvo pelas boas obras ou pela prática de uma religião ou tradição dos meus pais?

Não. É impossivél alguem alcançar  perdão de pecados ou a salvação por pagar votos ou penitências.

A prática das boas obras ou religião não salva ninguem.

 

Efésios  2: 8-9

8   Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 

9   Não vem das obras, para que ninguém se glorie;
 
João 3:16 
 
16   Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
 
  • Existe alguem que virou santo e agora pode interceder a Deus ou a Jesus em meu favor?

Não. Todos os seres humanos pecaram, Todos!. Somente Jesus nunca pecou, Ele é o unico que pode interceder por nós e entre nós e Jesus não existe ninguém.

Romanos 3:23-26

23   Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; 

24   Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. 
25   Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; 
26   Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.
 
Atós dos Apóstolos 4:12
 
12   E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.
 
  • Somente Jesus é Santo, todos os seres humanos dependem de Jesus para serem salvos e ninguem precisa de ajuda a Jesus a salvar alguem. Jesus faz tudo sozinho por nos amar muito. Precisamos aceitá-lo e seremos salvos e não teremos a morte.

Romanos  5:6-8

6   Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. 

7   Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. 
8   Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.